Se um arco-íris ou uma flor desabrochando fizessem som, esse seria o som do riso dela. Era uma chuva de luz, um convite para falar, e ele riu com ela, sem mesmo saber ou se importar por quê.  A Cabana.  (via menos1noite)

(Source: Menos1noite, via menos1noite)

2,617 notes
Eu tô confiando em mim de novo, me permitindo, porque eu sei que posso muito, mereço muito. Tati Bernardi.   (via sutilizar-se)

(Source: txtsociopath, via sutilizar-se)

48,605 notes

De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Vinicius de Moraes  (via palavrisses)

(Source: aluguefelicidade, via palavrisses)

366 notes
Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche. Martha Medeiros.   (via vivirpormicuenta)

(Source: reflorestada, via pleasur333)

2,104 notes
Possuía dois corações, o dele e o meu. CartasProSorocaba.   (via cartasprosorocaba)

(via futuraexgordinhastuff)

53 notes